Bactérias na pele que podem originar o aparecimento de acne.

A acne é uma dermatose caracterizada pelo aparecimento de lesões na pele sob a forma de pápulas, pústulas, cravos (pontos negros/brancos) e, em casos mais graves, nódulos e cicatrizes. Esta patologia traduz-se na obstrução dos poros, devido à produção excessiva de sebo por parte das glândulas presentes nos folículos pilosos (unidades pilossebáceas). Estas lesões favorecem a proliferação da bactéria Propionibacterium acnes, associada à evolução da patologia.

A acne tem início na puberdade, devido à libertação de testosterona (presente também nas mulheres) que agrava a produção sebácea, e pode registar picos de intensidade entre os 14 e os 19 anos, desaparecendo cerca dos 25 anos.

É um problema que afeta a população masculina e feminina. Embora menos frequente, pode surgir na idade adulta e em fases tardias (menopausa).

 

Causas do Acne

  • História familiar: a acne está associada a fatores hereditários.
  • Atividade hormonal: alterações hormonais e aumento da testosterona na puberdade; gravidez; suspensão da toma da pílula na idade adulta (menos frequente); menopausa.
  • Medicamentos: fármacos com corticosteroides ou lítio estão associados ao aparecimento desta patologia.

O stress não causa acne, contudo pode agravar a patologia. Não está comprovada a associação entre o aparecimento de acne e o consumo de certos alimentos ricos em gordura ou hábitos de higiene deficientes.

 

Sintomas do Acne

A acne localiza-se nas zonas do corpo em que as glândulas sebáceas são mais numerosas:

  • Rosto
  • Pescoço
  • Peito
  • Ombros
  • Costas

Os principais sintomas são:

Borbulhas – podem ser pápulas avermelhadas e por vezes dolorosas, ou pústulas (lesões com pus).

Pontos negros – cravos abertos causados pela obstrução do poro com sebo e células mortas.

Pontos brancos – cravos fechados devido à retenção de sebo no folículo (mais difíceis de detetar e de remover).

Quistos – nódulos que podem provocar dor ou cicatriz. Verifica-se em casos mais graves, quando a inflamação atinge a pele em profundidade.

 

Tratamento do Acne

O tratamento pode contemplar:

  • Toma de fármacos por via oral (antibiótico, contracetivos, isotretinoina).
  • Tratamentos dermatológicos: Peeling, Terapia fotodinâmica (LED), Laser, Luz pulsada intensa, limpeza facial.
  • Aplicação tópica de produtos com ação anti-inflamatória ou de limpeza.
  • Diminuição da exposição solar.

 

Artigo revisto e validado pela especialista em Medicina Geral e Familiar Isabel Braizinha.

 

Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.
Precisa de ajuda? Nós
ligamos
grátis!