AdvanceCare | Flebite

Flebite

A flebite (flebite superficial ou tromboflebite) é um processo de inflamação e coagulação que se encontra associado à formação de um coágulo de sangue no interior de uma veia localizada junto à pele, que pode surgir numa veia da perna ou do braço.

A flebite ocorre em qualquer veia do corpo, mas afeta com mais frequência as veias das pernas, estando normalmente associada a pessoas com varizes.

Ao contrário da trombose de uma veia profunda (que causa muito pouca inflamação e quase não provoca dor) a flebite superficial implica uma reação inflamatória repentina (aguda) que faz com que o trombo adira firmemente às paredes da veia (sendo, por isso, praticamente nula a probabilidade do trombo se desprender).

Uma vez que as veias superficiais não têm, à sua volta, músculos que com a sua contração possam b desprender o trombo, a flebite superficial raramente causa embolia.

Quando a flebite superficial se manifesta na virilha – onde a veia superficial principal (safena interna) se une à veia profunda principal (veia femural)- o trombo pode chegar ao interior da veia profunda e desprender-se.

Causas da Flebite

A flebite pode ter causas como:

  • Infeção ou uma lesão numa veia.
  • Falta de mobilidade (período pós cirurgico, engessamento, quadro clínico que obrigue o indivíduo a ficar acamado).
  • Consumo de tabaco.
  • Toma de contraceptivos orais também pode originar a formação de coágulos. 
  • Veias varicosas.
  • Gravidez.
  • Irritação resultante da introdução de um catéter na veia.
  • Consumo de drogas injetáveis.

 

Sintomas da Flebite

  • Dor localizada sobre a veia.
  • Edema.
  • Eritema.
  • Calor na zona.
  • A veia sente-se como uma corda dura debaixo da pele (o que se deve ao facto do sangue se encontrar coagulado na veia). Esta sensação pode alcançar todo o comprimento da veia.

 

Tratamento da Flebite

O diagnóstico é, geralmente feito a partir da exploração da zona dorida. Contudo, pode ser necessário fazer algum exame de diagnóstico como:

Ecografia Dopler – Uso de ondas sonoras para transmitir imagens das veias num ecrã semelhante ao de um televisor. Um estudo ultra-som Doppler também pode ser designado por duplex scan. O objetivo é procurar sinais de coágulos nas veias junto à zona dolorosa e vermelha. Também é possível ouvir o fluxo de sangue durante este exame.

Venografia – Visa detetar coágulos de sangue nas veias. Se tiver um coágulo de sangue o médico pode, assim, descobrir a sua localização.

Flebite

Veia inflamada devido à flebite.

Medidas que ajudam na recuperação:

  • Repousar – mantendo a zona do coágulo erguida – é uma medida que auxilia a recuperação.
  • Mover as pernas e os tornozelos e exercitar ligeiramente os dedos dos pés, de hora a hora – o que evitará a estagnação do sangue nas pernas, bem como a formação de mais coágulos de sangue.
  • Caminhar quando possível – pode ser necessário usar umas meias elásticas especiais ate joelho ou coxa, que evitam a acumulação de sangue nas pernas, bem como a formação de coágulos.
  • Pode ser necesssário recorrer a medicamenros anti-coagulantes, analgésicos ou a antibióticos para tratar uma eventual infeção.

 

Artigo revisto e validado pelo especialista em Medicina Geral e Familiar José Ramos Osório.
Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.