AdvanceCare | Micose

Micose

Os fungos são estruturas simples que existem na natureza e que se encontram em todos os ambientes. Estão permanentemente em contacto com a nossa pele, na camada constituída por células mortas e mucosas externas, não provocando nenhum tipo de reação patológica quando o organismo se encontra em equilíbrio. Contudo, os fungos podem penetrar na pele e provocar uma infeção conhecida como micose, uma infeção muito diferente das infeções causadas por bactérias e vírus.

As micoses desenvolvem-se, de preferência, sobre a pele, no couro cabeludo e nas unhas, áreas mais húmidas e ricas em queratina, que se transformam no habitat ideal para os fungos se desenvolverem.
Existem diversos tipos de micoses:

Pitiríase Versicolor

Também conhecida como micose de praia ou pano branco, caracterizada por:

  • Pequenas manchas geralmente esbranquiçadas, que escamam quando estiradas. Podem aparecer agrupadas ou isoladas, surgindo normalmente na parte superior dos braços, tronco, pescoço e rosto.
  • A sua superfície tem uma descamação fina, com uma tonalidade que varia entre o branco, rosado e castanho.
  • Raramente provocam prurido.
  • É mais comum em adolescentes e jovens.
  • O tratamento pode ser feito mediante a utilização de medicamentos tópicos ou orais. A micose é, contudo, reincidente.

Tinhas

Manifestam-se por:

  • Manchas vermelhas de superfície escamosa e bordos nítidos que provocam prurido.
  • Manifestam-se em qualquer local do corpo.
  • Nas crianças, podem aparecer no couro cabeludo. Forma-se uma placa com crostas e prurido intenso, parecendo que o cabelo foi cortado naquela região.

Onicomicoses

  • São as micoses das unhas, tanto dos pés como das mãos.
  • As unhas tornam-se mais grossas e descoladas do leito.
    As unhas mudam de cor e forma.
  • O tratamento é feito com medicamentos locais ou orais.

 

Causas e Sintomas da Micose

A micose é uma doença de pele causada por fungos.

Ambientes como balneários, duches e ambientes em que prevalece a humidade são ambientes que favorecem o contágio da micose.

 

Sintomas gerais da Micose

Os sintomas da micose incluem:

micose

Unha com onicomicoses.

 

  • Prurido.
  • Pele descamativa.
  • Lesão descamativa na pele que provoca prurido intenso, geralmente entre os dedos dos pés.
  • Lesão arredondada, com bordos levemente avermelhados que provocam prurido e descamam.
  • Estes sintomas podem aparecer em qualquer parte do corpo.

 

 

Diagnóstico e Tratamento da Micose

O diagnóstico é feito através da observação da zona afetada e da descrição de sintomas.

O tratamento das micoses é variável. As tinhas tendem a ter tratamentos mais curtos e as onicomicoses mais prolongados. O tratamento passa pela utilização de cremes, pomadas ou loções de uso tópico e, em alguns casos, o uso de medicamentos orais.

A micose das mãos pode requerer entre 30 a 60 dias de tratamento e a micose dos pés até cerca de 1 ano.

Apesar dos sintomas poderem desaparecer antes da remissão da doença, é necessário fazer o tratamento até ao fim.

A prevenção passa por:

  • Ter bons cuidados de higiene.
  • Manter o corpo limpo e seco.
  • Evitar andar descalço em pisos húmidos ou públicos.
  • Utilização de roupa de algodão que permita a pele respirar.

 

Artigo revisto e validado pelo especialista em Medicina Geral e Familiar José Ramos Osório.

 

Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.