AdvanceCare | Anemia

Anemia

A anemia é uma patologia em que a hemoglobina (pigmento que dá cor aos glóbulos vermelhos e tem a função de transportar o oxigénio dos pulmões para os tecidos) apresenta valores inferiores ao normal.

A falta do mineral ferro é uma das causas principais da anemia. O corpo absorve um a dois miligramas de ferro diariamente através dos alimentos, quantidade equivalente à que o corpo perde normalmente por dia.

 

Causas da Anemia

Trata-se de uma doença comum que pode afetar qualquer pessoa, no entanto é mais frequente em mulheres em idade fértil, devido à perda de sangue durante a menstruação. Os bebés, crianças e idosos figuram também nos grupos de risco, devido à ingestão e absorção deficitária de ferro.

Existem três causas principais para a anemia:

1. Hemorragia

Perda excessiva de sangue devido à menstruação; perda de sangue por problemas gastrointestinais provocados pela toma de medicamentos, lesões, cirurgia ou outras patologias como úlceras, cancro.

2. Produção deficitária de glóbulos vermelhos

Pode ser inata ou adquirida, devido a uma dieta deficitária (pobre em ferro, vitaminas B e C), gravidez, desequilíbrios hormonais, doenças crónicas como a insuficiência renal e tratamentos contra o cancro ou VIH/Sida. Existe ainda uma patologia rara – anemia aplástica – na qual a medula não produz a quantidade se células sanguíneas suficientes. É uma situação congénita e grave que requer tratamento médico hospitalar (transfusão ou transplante de medula).

3. Destruição excessiva de glóbulos vermelhos (hemólise)

Pode ter origem em problemas no baço, no sistema imunitário ou devido a infeções, entre outros.

 

Sintomas da Anemia

Nos casos mais ligeiros ou em fases iniciais da doença, os sintomas podem passar despercebidos e ser apenas detetados em análise ao sangue. De um modo geral, a anemia está associada aos seguintes sinais:

  • Fadiga.
  • Fraqueza.
  • Tonturas.
  • Dor de cabeça.
  • Falta de ar durante a prática de exercício físico.
  • Palidez.
  • Dor no peito.
  • Mãos e pés frios.
  • Deformação nas unhas.
  • Alopecia (queda cabelo).
  • Amenorreia (ausência de menstruação9.
  • Arritmia.

 

Tratamento da Anemia

O diagnóstico é feito através da observação clínica, da análise do historial do paciente e da realização de análises ao sangue (Hemograma), onde são relacionados os valores dos constituintes do sangue (Glóbulos Vermelhos, Hemoglobina, Hematócrito, entre outros). O tratamento pode incluir várias abordagens, dependendo do problema que está na origem da doença:

1. Alteração da dieta alimentar e toma de suplementos de modo a suprir as deficiências em ferro, vitaminas (C, B e B12) e minerais associados à anemia. Os suplementos podem demorar entre três a seis semanas até fazerem efeito. Devem-se fazer análises periódicas ao sangue.

2. Em casos mais graves poder-se-á recorrer a transfusão de sangue, transplante de medula óssea e à cirurgia para corrigir situações de perda intensa de sangue devido a úlceras ou neoplasia ou para remover o baço.

Imagem de glóbulos vermelhos a fluírem através dos vasos sanguíneos, alguns dos glóbulos são mais claros o que representa um quadro de anemia.

Imagem de glóbulos vermelhos a fluírem através dos vasos sanguíneos, alguns dos glóbulos são mais claros o que representa um quadro de anemia.

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigo revisto e validado pelo especialista em Medicina Geral e Familiar José Ramos Osório.
Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.