5 Benefícios do Chocolate: Tire Proveito desta Doce Tentação

5 Benefícios do Chocolate: Tire Proveito desta Doce Tentação

A Páscoa vem quase sempre acompanhada de chocolate e, para muitos, é difícil resistir-lhe. A boa notícia é que não precisa de evitar este alimento. Os benefícios do chocolate são cada vez mais consensuais e pode desfrutar sem culpa.

5 Benefícios do Chocolate



Key Takeaways
  • Cada vez mais estudos científicos destacam os benefícios do chocolate no contexto de uma alimentação equilibrada e estilo de vida saudável.
  • O chocolate pode ser um aliado no combate às doenças cardiovasculares, melhoria da função cognitiva, gestão de stress e até melhoria do condicionamento físico.
  • O chocolate não é todo igual e algumas opções são nutricionalmente mais ricas e completas.
 
5 benefícios do chocolate
Como nos diz a sabedoria popular, o que é demais é moléstia, mas quando consumido em moderação o chocolate pode trazer benefícios à saúde. Estudos científicos têm destacado as propriedades benéficas do chocolate quando integrado numa alimentação equilibrada e estilo de vida saudável. Se não lhe resiste, ficará contente por saber que o chocolate pode ser um aliado!

1. É nutricionalmente rico

Os benefícios associados ao consumo de chocolate devem-se ao cacau, o fruto utilizado na sua produção. O cacau contém poderosos antioxidantes, como os flavonoides, que combatem a inflamação e protegem as células dos efeitos dos radicais livres. O cacau é também rico em vitaminas e sais minerais como o ferro, o potássio e o magnésio.

2. Protege do risco de doenças cardiovasculares

Os antioxidantes presentes no chocolate poderão contribuir para baixar a tensão arterial, melhorar a circulação sanguínea e assim reduzir o risco de AVC, doença coronária e morte por doença cardíaca. Aliás, estudos recentes demonstram que o consumo de chocolate pode reduzir o risco de desenvolver doença cardíaca em um terço e reduzir o risco de sofrer um AVC em 22%. Um estudo divulgado pelo The Journal of Nutrition revela também que o consumo de chocolate ajuda a reduzir os níveis do colesterol LDL, também conhecido como “mau” colesterol. Devemos salvaguardar que como qualquer alimento o chocolate deverá ser consumido com moderação numa proporção ajustada às suas necessidades energéticas diárias.

3. Melhora a função cognitiva

Investigadores da Harvard Medical School descobriram que o consumo de chocolate quente melhora o fluxo sanguíneo cerebral, podendo ajudar a retardar sintomas como o declínio cognitivo associado à doença do Alzheimer. Outro estudo sugere ainda que o consumo de chocolate uma vez por semana pode melhorar a função cognitiva.

4. Reduz o stress

Comer chocolate pode ajudar a reduzir o stress e aumentar os níveis de bem-estar. Estudos demonstram que o consumo de chocolate está associado à redução do nível da hormona do stress cortisol, assim como à libertação de neurotransmissores como as endorfinas, que reduzem o stress e induzem a satisfação. Pode também ser um ótimo aliado no combate à tensão pré-menstrual.

5. Melhora o condicionamento físico

Um estudo publicado no The Journal of the International Society of Sports Nutrition sugere que o consumo de chocolate negro antes de um treino potencia a circulação e reduz a quantidade de oxigénio de que um atleta necessita na prática desportiva, permitindo assim que mantenha a intensidade do treino por mais tempo.

 

Os perigos

Apesar de todos os benefícios associados ao cacau não podemos ignorar que o chocolate contém também elevadas quantidades de gordura e açúcar que acabam por diluir muitos dos seus benefícios. Está, por exemplo, associado a algumas condições de saúde, podendo despoletar crises de enxaqueca ou causar aftas. O segredo - que não é realmente um segredo - passa por comer com moderação. Quando consumido em excesso poderá estar na origem de aumento de peso, problemas dentários, desconforto intestinal, entre outros.

Para potenciar os benefícios do chocolate dê preferência ao chocolate negro, com mais de 70% de cacau. Contendo habitualmente menos açúcar e uma maior concentração de antioxidantes e nutrientes em comparação com os restantes.

Este artigo foi útil?

Conselho cientifico

Conteúdo revisto

pelo Conselho Científico da AdvanceCare.

A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde nem a consulta de um médico e/ou especialista.

Sympton Checker

Utilize a nossa ferramenta de diagnóstico de sintomas.

Programas AdvanceCare relacionados

Artigos relacionados