Corra, pela sua saúde

Corra, pela sua saúde

Nutrição e Fitness
Última atualização: 24/11/2022
  • Por vezes, o grande problema em praticar running é exatamente ter de o fazer sozinho. Porém, esta não tem de ser uma atividade solitária. Cada vez existem mais grupos de corrida, que além de serem uma boa forma de fazer exercício, são também uma excelente maneira de socializar. O importante é exercitar-se e se o puder fazer enquanto faz novos amigos, ainda melhor. E lembre-se, não precisa de ser um atleta para começar a correr, mas se não tem prática ou tem problemas de saúde, não deixe de consultar o médico antes de se iniciar nesta atividade física.

A corrida é uma modalidade desportiva sempre na moda e que apresenta vários benefícios para a saúde física e mental. E, se praticada em grupo, pode tornar-se uma experiência mais enriquecedora. Correr, pela sua saúde, é o apelo que fazemos neste artigo.

Seja à beira-mar, no meio da cidade ou no campo, há cada vez mais pessoas que optam por correr, faça chuva ou faça sol. Mais do que uma simples tendência ou moda, correr é já comprovadamente uma fonte de saúde e uma das melhores opções para se manter em forma.

Segundo uma metanálise recente, publicada no British Journal of Sports Medicine, correr pode melhorar significativamente a saúde e mesmo reduzir o risco de morte. Além disso, esta revisão concluiu que não é preciso correr muito rápido ou fazer maratonas para colher os benefícios.

A metanálise incluiu 14 estudos com mais de 230 mil participantes e incidiu sobre a associação entre correr e o risco de morte por todas as causas, doenças cardiovasculares e cancro. E os resultados foram surpreendentes: os participantes corredores revelaram um risco 27% menor de morrer por qualquer causa em comparação com os não corredores. Especificamente, a corrida foi associada a um risco 30% menor de morte por doença cardíaca e um risco 23% menor de morte por cancro.

Os investigadores descobriram igualmente que mais não é necessariamente melhor e que correr apenas uma vez por semana, ou 50 minutos por semana, permite reduzir o risco de morte.

Estudos anteriores tinham já evidenciado que correr reduz o risco de obesidade, hipertensão, colesterol elevado, diabetes, para além, claro, de ser um dos exercícios de eleição para melhorar a resistência aeróbica, a função cardíaca, o equilíbrio e o metabolismo.

Este artigo foi útil?

Conselho cientifico

Conteúdo revisto

pelo Conselho Científico da AdvanceCare.

A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde nem a consulta de um médico e/ou especialista.

Downloads

Consulte os nossos guias para hábitos saudáveis:

Sympton Checker

Utilize a nossa ferramenta de diagnóstico de sintomas.

Programas AdvanceCare relacionados

Artigos relacionados